SLIDER


SARA GONÇALVES . PORTUGAL


[ STYLIST . CONSULTORA DE IMAGEM ]

paginaaolado@gmail.com

NEWSLETTER

19.1.18

APOSTE NOS BÁSICOS PARA ESTRUTURAR O SEU GUARDA-ROUPA


Depois do último artigo ‘SaldosManual para boas compras’ e antes de olhar para as tendências da próxima estação deve parar, abrir o seu guarda-roupa e organizá-lo. O objetivo é simples, libertar-se de todas as roupas, calçado e acessórios que já não fazem sentido para si, seja por não lhe servirem, por não se identificar ou simplesmente por se encontrarem inutilizadas. O importante e objetivo final é que no seu guarda-roupa somente estejam as peças que realmente gosta, cores, materiais e cortes que melhor valorizem a sua imagem, até porque menor quantidade de roupa significa maior facilidade na escolha dos seus coordenados, bem como criação de novas combinações. Quantas vezes encontrou peças no seu guarda-roupa que já não se recordava que as tinha, ou percebeu ao chegar a casa que adquiriu peças muito idênticas às existentes?

A análise e reorganização do guarda-roupa é também fundamental do ponto de vista da gestão da sua vida económica, isto porque se vestir apenas 1/3 das roupas que possui no seu guarda-roupa significa uma grande paragem de capital pela aposta em peças que não fizeram nem fazem sentido para si, muitas vezes associadas aos preços tentadores dos saldos, com peças adquiridas somente porque não se resistiu a uma etiqueta com um desconto apelativo, mas que a funcionalidade e interligação com as peças que tem é muito pouco ou mesmo nenhuma.

Antes de ir às compras faça o exercício, edite e organize o seu guarda-roupa, de forma a conseguir percepcionar as peças com que mais se identifica, cores e cortes, aqui irá certamente perceber qual o seu padrão de consumo, mas também quais as peças que lhe estão em falta. Anote, e leve consigo quando for às compras.

Para fazer compras acertadas é importante que perceba o que realmente lhe faz falta. Os básicos devem representar a maior parte do seu guarda-roupa, afinal são eles os elementos responsáveis pela agregação e harmonia dos seus coordenados, e são desses que estamos a falar.

Os básicos podem variar de estilo para estilo, de gosto para gosto ou de pessoa para pessoa, no entanto o famoso número de 10 peças básicas para funcionar deverá conseguir comunicar ente si de forma a possibilitar a construção do sem número de coordenados.

O famoso Little Black Dress (LBD) é uma peça intemporal e adequado a qualquer ocasião. Como referido, os básicos variam de pessoa para pessoa pelo que o vestido poderá não ter necessariamente preto. A camisa branca é também ela umas das peças mais versáteis do guarda-roupa. São vários os modelos hoje disponíveis no mercado, e o certo é que uma camisa clássica branca nunca passa de moda e é sempre sinónimo de elegância e requinte numa mulher. Não podem faltar os jeans, a calça de tecido com corte alto, as t-shirts, o sobretudo, casaco ou blazer, a trench-coat, boas malhas, saia e os sapatos rasos de qualidade e saltos para ocasiões especiais para completarem a lista.

Lembre-se os básicos clássicos são aqueles que resultam em todos tipos de corpo, ao mesmo tempo que são intemporais, logo o seu investimento fica desde logo previsto para diferentes temporadas. Invista neles assim como nos acessórios, tanto quanto possível. Os acessórios são essenciais para qualquer coordenado, uma vez que refletem a personalidade de quem os está a usar assim como têm a capacidade de ‘atualizarem’ e ornamentarem as vossas conjugações.

Se fizer a lista no início da próxima estação pode com toda a certeza juntar-lhe uma ou outra peça tendência, assumidamente ao seu estilo, que ajudará a atualizar o seu guarda-roupa, mas, e como referido no artigo anterior, assegure-se que essas peças fazem sentido no seu guarda-roupa, e que permitem um bom número de coordenados com as peças que já tem casa, no mínimo três.

Siga também as redes sociais:

Artigo da minha autoria, enquanto Consultora de Imagem, para o jornal Diário de Aveiro, na data de 18 de janeiro de 2018.
No comments

12.1.18

DE 2017


Este post vem com atraso, mais concretamente 12 dias.

2016 foi um ano de agradecimento por todas as oportunidades que me foram permitidas, e que sei que foram fortemente merecidas, não por sorte mas por lutar por elas, já 2017 ohh esse ano, um turbilhão de altos e baixos, em que os baixos foram incrivelmente baixos que eu, que vivo de pequenos momentos da vida, fui muita vez incapaz de esconder a tristeza que sentia comigo.

Há marcos na vida, que por muito que se leia, que se ouça ou até mesmo que se afirme todos caímos no erro de os valorizar perante aos momentos de sorrisos e cumplicidade que certamente existiram durante 2017 mas que não conseguiram o impacto que as más notícias trouxeram.

Olho para 2017 como um ano complicado mas sobretudo olho para 2018 como um ano de esperança, de luta e de que coisas boas também acontecem!

Com algum atraso é certo mas desejo a todos um BOM 2018!
No comments

5.1.18

Saldos! Manual para boas compras


É oficial, a época de saldos está aí e é muito importante nesta altura do ano perceber se está a fazer ou não uma boa compra. Com os preços mais tentadores são várias as vezes que se chega a casa com peças adquiridas somente porque não se resistiu a uma etiqueta com um desconto apelativo.

Para fazer as melhores compras é importante ter em conta algumas dicas para gastar menos e comprar artigos realmente úteis quando vai aos saldos.

Por norma já sabe quais as lojas com que mais se identifica e por essa razão serão as que à partida vai eleger para comprar nos saldos, no entanto opte por horários em que estas possam estar mais calmas, preferencialmente de manhã, por apresentam menor movimento e maior arrumação, o que lhe permitirá visionar melhor e com mais calma as peças.

Antes da compra certifique-se de que a mesma não apresenta defeito, muitas vezes as peças em saldo são fim de coleção ou mesmo de coleções anteriores pelo que é importante observar que a peça que traz se encontra em bom estado, sem qualquer tipo de defeito.

Não é necessária a criação de uma lista de peças que pretende adquirir e de quanto quer gastar exatamente, mas ter uma ideia do que lhe faz falta é fundamental para procurar assertivamente. Estudar o guarda-roupa para não comprar peças idênticas às já existentes, mas antes aquelas que sempre pretendeu comprar, mas que ainda não teve oportunidade, é também uma excelente dica.

Ainda no mesmo sentido, deve pensar o número de vezes que vai usar a peça para ponderar se o investimento vale a pena, por vezes as peças com preços mais elevados justificam bem a sua compra pela durabilidade e uso da mesma compensando o gasto inicial. Assim como perceber se a peça que está prestes a adquirir faz sentido no seu armário, e permite um bom número de coordenados com as peças que já tem em casa, ou se simplesmente fica complicado resistir a uma peça que tem um preço bem mais baixo comparado com o preço inicialmente marcado, ainda que por vezes essa peça nem estivesse nos seus desejos nem tão pouco sabe como a irá usar e/ou conjugar.

Aproveite os saldos para investir em bons básicos, está errado quem pensa que estes não permitem a criação de vários coordenados, em acessórios que sejam tendência da estação para que em simultâneo ‘atualizem’ e ornamentem as vossas conjugações. Bem como em peças-chave e intemporais que transitam de uma estação para a outra, mesmo nestes saldos pode comprar peças para usar nas estações mais quentes. Pode também aproveitar os saldos para compras antecipadamente necessárias, como ocasiões especiais previamente marcadas ou prendas.

Por último, experimente as peças. Mais uma vez, de que serve adquirir uma peça por mais barata que esteja se não a vai usar, seja por não lhe servir, por não apreciar a forma como veste, ou simplesmente porque não a imaginaria assim. Lembre-se veste um corpo e não um tamanho por isso é tão importante experimentar para ver como a peça se comporta.

Siga as redes sociais:

Artigo da minha autoria, enquanto Consultora de Imagem, para o jornal Diário de Aveiro, na data de 4 de janeiro de 2018.
No comments

29.12.17

SET // FRIDAY, I'M IN LOVE #121


Um set especial, um set para a Passagem do Ano! Votos de excelente 2018!

1. JADICTED | 2. THEORY | 3. GIUSEPPE ZANOTTI | 4. LIZZIE FORTUNATO | 5. BAUBLEBAR | 6. YSL

2 comments

24.12.17

CHRISTMAS TIME!

Não existem limites para os nossos sonhos, basta acreditar... Um excelente 2018!

F E L I Z  ♥  N A T A L 
No comments

22.12.17

MY STREET STYLE, BY GUESS







A uma semana do Natal partilhei por aqui (link), em tipo lista, os presentes que gostaria de ver no meu sapatinho dia 25, como o referi é sempre bom um guia para aqueles que nos querem oferecer algo e terem a certeza de que vamos adorar. 

Há data também referi que as lojas Guess estão a disponibilizar um cartão no qual podem escrever quais as peças que gostavam de receber no Natal, por nome, referência e cor. É sempre uma excelente ajuda nesta altura do ano para os nossos familiares e amigos ficarem com a real ideia do que nos fará muito feliz! 

E foi por isso mesmo que no final de semana passado fui até à loja Guess do Shopping Braga Parque para ver de perto todas as suas peças assim como criar a minha própria lista de desejos através da famosa My Wishlist. Mostrei tudo pelo stories no instagram (sigam @paginaaolado_blog). 

Hoje chega a vez de vos mostrar a carteira à qual não resisti. 

Ainda que inicialmente, para ser sincera entrei na Guess com a ideia da carteira que coloquei na minha wishlist partilhei por aqui (link), não foi essa a selecionada, já que quando coloquei o olho na que vos mostro hoje foi amor à primeira vista, também no tom Bordeaux, mas em pele, esta carteira tem tudo o que eu procurava, e quem me conhece sabe que há já mais de um ano! Espero que gostem! 

A minha wishlist está completa! E a vossa?! Se tiverem a oportunidade espreitem uma loja Guess e não percam esta ideia original!

Até ao próximo post.
Não se esqueçam de seguir as redes sociais. Facebook e Instagram (@paginaaolado_blog) 
Acompanha também Facebook e Instagram de (@saragoncalves.consultoraimagem)
1 comment
© PAGINA AO LADO • Theme by Maira G.